Sem sistema de segurança efetivo, cerca de 300 rãs são furtadas e 16 anos de pesquisas são perdidos

Centro de pesquisa em SP investigava o efeito de agrotóxicos nas espécies Cerca de 300 rãs que eram usadas em uma pesquisa sobre agrotóxicos há 16 anos foram furtadas de um centro de pesquisa em Pindamonhangaba, São Paulo. As rãs ficavam em um local que era trancado apenas com uma porta simples e um cadeado. … Ler mais