Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Segurança empresarial: prevenção x proteção

Segurança empresarial- prevenção x proteção

Entenda a diferença entre prevenção e proteção e como usar esses recursos de forma estratégica

Prevenção e proteção são duas palavras que muitas vezes são usadas como se tivessem o mesmo significado, mas na verdade, no mundo da segurança se referem a duas estratégias totalmente diferentes.

A prevenção antecipa possíveis ameaças, ou seja, por meio de uma Segurança Inteligente, são aplicadas medidas preventivas para que uma ação criminosa seja identificada antes que de fato aconteça. As estratégias de prevenção podem assumir a forma de procedimentos de segurança de rotina, uma triagem completa dos funcionários antes da contratação e um monitoramento remoto inteligente capaz de detectar possíveis riscos.

Já a proteção é o ato de defender algo ou alguém de uma ameaça em curso, por meio de equipamentos e protocolos de segurança, como cercas, sistemas de segurança adequados e planos de ação em caso de perigo.

Mesmo sendo termos com significados diferentes, ambas as estratégias andam juntas para alcançar os mais altos resultados e promover a melhor segurança corporativa inteligente.

Estratégias de Prevenção

As estratégias de prevenção precisam fazer parte do dia a dia da empresa. É preciso desenvolver uma cultura voltada para a antecipação entre a equipe desde o primeiro dia, e essas medidas devem começar desde a contratação do colaborador até o cumprimento dos protocolos.

Curiosamente, esta é uma estratégia que não é fácil de medir, uma vez que sua eficácia é mensurada pelo que deixa de acontecer (o que se evita), ao invés daquilo que acontece.

“Cada projeto deve ser tratado de acordo com as suas necessidades particulares e por isso devem ser analisados de forma personalizada. Falando de forma geral, a solução de monitoramento inteligente para empresas é feita da seguinte forma: câmeras já existentes são conectadas à nossa plataforma de inteligência, na qual algoritmos analisam continuamente as imagens e geram alertas quando algum risco potencial é detectado. Essa tecnologia deve ter o suporte de uma equipe de analistas treinada para atuar conforme os protocolos estabelecidos junto ao cliente, 24 horas por dia e 7 dias por semana”, explicou Alexandre Chaves, especialista em segurança inteligente e CEO da C4i. O monitoramento corporativo deve ser realizado de forma preventiva e proativa para evitar riscos. “Com nossos serviços, é possível transformar qualquer câmera já existente na empresa em um olhar mais inteligente; identificando potenciais riscos e alertando antes que eles se tornem problemas”, disse o especialista.

Após a implantação do monitoramento inteligente, as políticas de prevenção precisam continuar na forma de auditorias regulares da segurança física, planos de ação de emergência atualizados e políticas de segurança cibernética. “O monitoramento remoto inteligente da C4i, por exemplo, é capaz de auditar procedimentos e processos executados por equipes próprias ou terceirizadas dentro do ambiente corporativo, desde escritórios a ambientes industriais. Por meio da tecnologia, utilizando detecção ou ausência de movimento, detecção de pessoas e identificação de pessoas em áreas restritas; atuamos de forma assertiva na detecção de possíveis riscos aos colaboradores, prestadores de serviços visitantes e ao patrimônio”, falou Alexandre.

Estratégias de Proteção

A proteção é a barreira física que defende a empresa e os funcionários de ameaças à segurança. Quando falamos da área corporativa, soluções para controle de acesso, como portões eletrônicos, reconhecimento biométrico e teclados codificados são formas de monitorar quem entra e sai de cada área de sua empresa, a qualquer momento. Equipamentos como iluminação de segurança e alarmes também ajudam a compor todo o sistema de proteção de sua empresa.

A C4i aproveita todas as soluções já implantadas na empresa e adiciona inteligência e tecnologia incorporando novas funcionalidades, que serão processadas em nuvem. “Uma das preocupações das empresas é ter que investir em novos equipamentos de segurança para ter uma solução eficaz. Buscando reduzir gastos corporativos, a C4i consegue aproveitar as soluções que já existem no projeto, como câmeras, alarmes, cercas, evitando investimentos sem necessidade”, explicou Alexandre Chaves.

A C4i deixa à disposição das empresas soluções como: central de monitoramento 24/7, gravação em nuvem, recurso de detecção ou ausência de movimento, detecção inteligente de pessoas, link de comunicação principal ou redundante, rondas virtuais, entre outros.

Quer saber mais sobre monitoramento preventivo e inteligente? Conheça a C4i: www.c4i.com.br